soul-of-gold-logo

[alert type=red ]SEM SPOILERS!!![/alert]

Quando Saint Seiya: Soul of Gold foi anunciado, os fãs de raiz de Cavaleiros do Zodíaco ficaram loucos!

Isso se deveu ao fato dos últimos animes da franquia serem spin-offs e Soul of Gold ser uma continuação direta para a história dos guerreiros de Atena mais poderosos; os Cavaleiros de Ouro.

Para aumentar ainda mais as expectativas os trailers promocionais mostravam que os cavaleiros teriam um upgrade de poder e aparência nova em suas armaduras… Pouco do enredo foi mostrado, o que geralmente é bom para trazer surpresas para os telespectadores.

No entanto o que se viu no primeiro episódio é que seria uma continuação da saga Asgard (saga filler diga-se) e também uma continuação da saga Hades.

Muito arriscado mexer com algo canônico e misturar com uma saga filler, ainda que bem aceita pelos fãs.

Confesso que não curti o primeiro episódio, mas pensei: se bem executado daqui pra frente, pode dar certo.

Infelizmente mesmo após alguns episódios, permaneceu a impressão constante que tudo aquilo era um fanservice para vender bonecos; e não digo que o merchandising é errado, afinal todo produto de entretenimento tem que vender e lucrar, no entanto quando a qualidade é deixada de lado para que isso aconteça, algo está muito errado.

Começando pela qualidade dos traços e animação que deixaram muito a desejar durante todo o anime. Recentemente reassisti alguns episódios do anime clássico e por mais que esteja um pouco datado, a direção de arte e peso nas batalhas ainda é muito mais impactante, o que é uma vergonha se pensarmos que estamos comparando algo dos anos 80/90 com um anime de 2015.

Segundo é a coerência dentro da história. Kurumada com todos seus defeitos e qualidades que já foram analisadas inúmeras vezes ao longo dos anos, no mínimo deu um final muito digno e poético para os Cavaleiros de Ouro e ressuscitá-los não me parece uma boa ideia, pois é quase o mesmo que profanar o túmulo de heróis.

Cavaleiros do Zodíaco sempre foi um anime bem sanguinário, desde o primeiro episódio podemos acompanhar Seiya e os outros decepando orelhas, furando os próprios olhos, enlouquecendo os adversários e vimos também os Cavaleiros de Ouro como caras sérios e dedicados.

saint_seiya_soul_of_gold_aiolia

Em Soul of Gold muitas personalidades estão estranhas; Dohko virou um lek da zueira; Aldebaran adora falar; Aioria virou um novo Seiya; Camus toma atitudes extremamente questionáveis; Máscara da Morte em nada lembra aquele vilão das 12 casas, ainda que eu tenha me simpatizado por ele.

Sinto que apenas Shaka, Saga, Shura, Afrodite, Aioros, Miro e Mú mantiveram suas personalidades originais.

Valendo ainda destacar que mesmo Aioria sendo o protagonista, as melhores lutas foram de Saga e Shaka.

Sinceramente os vilões de Saint Seiya: Soul of Gold são totalmente esquecíveis. Andreas e a entidade/Deus que está por trás de toda a bagunça são extremamente clichês, até no visual eles são os típicos vilões de Cavaleiros de cabelos longos e voz imponente.

Os novos guerreiros de Asgard não arranham o carisma dos guerreiros de Asgard clássicos, que muitas vezes tinha um bom background, tornando essa saga filler no clássico, muito apreciada pelos fãs.

Hilda de Polaris no anime clássico era uma mulher forte, aqui ela não serve pra nada na trama, apenas para abrir espaço para Lyfia, a única personagem secundária com alguma relevância, mas que ainda assim é aproveitada de maneira forçada.

A participação de Atena aqui é apenas simbólica, apesar de importantíssima para a trama. Neste anime ela é realmente uma deusa, no conceito amplo da palavra. Já os cavaleiros de bronze são apenas citados, já que os eventos deste anime ocorrem concomitantemente com os da saga Hades.

Finalizando, por se tratar de um anime bem curto, talvez valha a pena para os fãs de Saint Seiya, assistir Soul of Gold, no entanto para os não fãs, aqueles que apenas procuram um bom anime para passar o tempo e aproveitar uma boa história, não diria que vale a pena assistir.

Se quer algo realmente bom de Cavaleiros do Zodíaco, a minha recomendação é Lost Canvas, em seguida o anime clássico seguido da saga de Hades e só por último Soul of Gold. Saint Seiya Ômega eu não posso opinar pois não assisti completo, apenas alguns episódios, mas até onde eu fui pareceu bem ruim.

Saint Seiya: Soul of Gold pode até funcionar como um entretenimento rápido e um fanservice bacaninha, mas está longe de ser uma obra imperdível.


Gostou do post? Então que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook para você continuar acompanhando todos os nossos posts sobre coisas nerds e cultura pop em geral, diariamente, em suas redes sociais.


Se você tem alguma sugestão de post, dúvidas, críticas e elogios, nos envie um e-mail para [email protected]. Queremos ouvir você, sua opinião é sempre muito importante para nós!


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/elite42