Primeiras Impressões: Powers

Powers

Em meio a tantas histórias de universos heroicos, nessa singular época que temos Arrow, Agents of S.H.I.E.L.D, Flash, Gotham, Agent Carter e tantos outras produções vindas dos quadrinhos, surgi uma história não muito original, mas divertida que também engloba heróis e vilões, a série Powers.

Também adaptada de um quadrinho de mesmo nome, Powers é uma série bastante comum, com personagens e um universo bem simples, mas que aparentemente, não visa atingir proporções enormes, como é o caso de tantas outras que vem surgindo. Talvez seja por esse “pé no chão” que a série apresenta, que faça dela uma grande obra.

Powers originalmente foi criado por Brian Michael Bendis e lançado em páginas coloridas de um quadrinho e agora a história vendo sendo adaptada pela Sony.
Ainda em sua primeira temporada, conta a história de um universo onde pessoas comuns e pessoas com super poderes, dividem o mesmo espaço. Entretanto, como já é de se esperar, com grandes poderes… surgem os vilões.

Para combater esses vilões existe um Departamento Policial, lugar esse onde conhecemos o protagonista da série, Christian Walker, um policial que perdeu seus poderes e agora usa seu conhecimento da época de super herói para combater os malvados.

Não é uma série com sequências incríveis e efeitos fantásticos, mas é uma ótima pedida para sentar, relaxar e ver alguma coisa que não puxe toda sua atenção.

powers-brian-bendis
Imagem retirada dos quadrinhos

A primeira temporada tem foco em apresentar alguns personagens, determinar o quanto são importantes e apresentar a premissa dessa primeira parte. Um dos antigos rivais de Walker, conhecido como Royalle, criou uma droga que potencializa os poderes de quem já tem e talvez desperte de quem não tem ou não descobriu ainda. Além de ter foco na falta que Walker sente por não ter mais poderes.

Visualmente a série usa os quadrinhos como uma boa referência, por mais que os personagens não sejam idênticos, ao bater o olho você percebem quem são.

O que se vê internet a dentro é que muita gente foi assistir sem nenhuma esperança, mas acabou gostando e existirá um pequeno esforço para acompanhar, assim como acontecerá comigo. Deem uma chance para Powers. o/


Gostou do post? Então que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook para você continuar acompanhando todos os nossos posts sobre coisas nerds e cultura pop em geral, diariamente, em suas redes sociais.


Se você tem alguma sugestão de post, dúvidas, críticas e elogios, nos envie um e-mail para [email protected]. Queremos ouvir você, sua opinião é sempre muito importante para nós!


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/elite42