Episódio por Episódio: Dragon Ball Super 2

dragon-ball-super-vegeta-trunks-bulma

[alert type=red ]Spoilers do Episódio!!![/alert]

Olá pessoal, eu sou o Goku… não péraaa…

Aqui estou eu de volta para comentar mais um episódio de Dragon Ball Super. Assim como prometido no post sobre o primeiro episódio, a partir de agora vou lançar o post do episódio o mais rápido possível, no domingo, segunda ou no máximo na terça-feira.

No episódio dessa semana eu rachei de rir com a primeira metade focada no Vegeta convivendo com a família e fiquei um pouco entediado com a segunda metade focada no Bills e Whis, mas vamos por partes.

No início mostra o Goku indo treinar com o Sr. Kaioh e rola aquela interação e humor que os fãs de Dragon Ball já estão acostumados. Quem assistiu o filme Dragon Ball Z: Batalha dos Deuses deve se lembrar que o Goku estava treinando com o Kaioh pouco antes do Bills surgir, portanto acho que não vai demorar muito para vermos os eventos que rolam no filme.

Já me adiantando à segunda metade do episódio, acho que ter assistido os filmes atrapalha um pouco a experiência de assistir esses primeiros episódios de Dragon Ball Super, pois já sabemos exatamente o que vai acontecer nas partes de luta e enredo, sem falar que nesse episódio, no preview do próximo e na abertura, fica claro que teremos a presença do Super Saiyajin God e sinceramente não curto muito a primeira transformação com o cabelo vermelho, mas como curto a segunda transformação de cabelo azul vamos aguardar pra ver se sai algo legal daí.

Ainda falando da parte do Bills, ele continua atrás de comidas gostosas pelo universo e acaba enfrentando uns alienígenas esquisitos e como já esperado com um dedo ele pode derrotar todos e explode o planeta inteiro por ter perdido interesse na comida.

dragon-ball-super-bills-whis

Como ele e Whis são deuses acho interessante que eles façam tudo isso por instinto básico como comida, mas ao mesmo tempo é meio bizarro ele sair destruindo planetas por isso. Kibitoshin e o Supremo Kaioh Ancião continuam impressionados com a destruição no universo, mas não tomam nenhuma atitude por enquanto.

Agora entra uma das coisas que acho mais legal em Dragon Ball… Por mais que a história principal não esteja tão interessante pra quem viu o filme, os momentos  de comédia são hilários.

O que foi o Vegeta cumprindo sua promessa de levar o Trunks para passear? Pegaram um coisa que aconteceu lá no comecinho da saga Boo e encaixaram aqui de forma incrível.

Vegeta sendo extremamente rabugento com tudo é sempre hilário e lembremos que ele é 100% alienígena e não cresceu na Terra como o Goku e não curti essa alegria dos terráqueos.

Ri demais do Vegeta sendo chamado de tiozão pela galera naquela ilha estilo Hawaí e depois apelando jogando todo mundo pra longe com seu ki… uhuahuhauhaua…

É legal ver que a Bulma e o Trunks entendem que o Vegeta é assim e mesmo ele indo embora e deixando eles sozinhos na festa, eles ficam agradecidos por ele ter largado seu orgulho Saiyajin por um momento para interagir com a família.

Pra finalizar quero deixar uma preocupação. Por mais que Dragon Ball não exija tanta coerência, os dois últimos filmes não tiveram muita preocupação com o poder de luta dos personagens estabelecidos por todo o mangá / anime.

Para ter uma noção do que to falando leiam a crítica que fiz de Dragon Ball Z: Renascimento de Freeza.

dragon-ball-super-goku-treino

O Vegeta tendo uma certa dificuldade pra treinar na gravidade aumentada 150 vezes não tá muito certo pois ele já tinha dominado isso há muito tempo, e até o Goku antes de transformar em Super Saiyajin já treinava na gravidade aumentada 100 vezes, não que isso seja tão relevante assim, mas não custa nada manter um mínimo de lógica, ainda mais que os poderes dos personagens estão mais absurdos do que nunca.

Então é isso, curti o episódio, achei melhor que o primeiro, principalmente no quesito humor. A parte focada no Bills é meio previsível, mas vamos torcer que o tio Toriyama consiga contar essa história com mais qualidade no anime e que mais a frente tenhamos novidades no enredo.

Uma última observação é a qualidade da animação. Em alguns pouquíssimos momentos achei os personagens um pouco mal desenhados e o estilo um pouquinho mais infantil não me agrada tanto, como disse no post do episódio anterior estou vendo Dragon Ball Kai saga Boo por isso as comparações são inevitáveis e prefiro o estilo antigo um pouco mais sério, no entanto para não só ficar reclamando, tenho que dizer que os efeitos de luz e os traços como um todo estão ótimos, bem melhores que o Saint Seiya: Soul of Gold por exemplo.

Então é isso, acompanhem o site durante a semana e na semana que vem estamos de volta com a resenha do episódio 3 de Dragon Ball Super.


Gostou do post? Então que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook para você continuar acompanhando todos os nossos posts sobre coisas nerds e cultura pop em geral, diariamente, em suas redes sociais.


Se você tem alguma sugestão de post, dúvidas, críticas e elogios, nos envie um e-mail para [email protected]. Queremos ouvir você, sua opinião é sempre muito importante para nós!


Você já faz parte do nosso Grupo no Facebook? Faça já parte e interaja com os redatores e outros leitores do site! Link para o grupo: https://www.facebook.com/groups/elite42